O Quadro Geral de Distribuição de Baixa Tensão (QGBT) é um equipamento muito popular dentro das instalações elétricas, utilizado para organizar e distribuir a energia elétrica recebida das concessionárias para toda a empresa ou indústria. Costuma ser usado quando há mais de um painel elétrico com equipamentos de proteção, de seccionamento ou de manobra de carga.

A grande responsabilidade de um QGBT é informar a corrente de voltagem do prédio em questão, garantindo que a energia seja distribuída com máximo aproveitamento e segurança, tanto na realização das atividades industriais quanto na manutenção de todo o conjunto envolvido na instalação elétrica.

Instalar o Quadro Geral de Distribuição também é uma alternativa segura para evitar sobrecargas elétricas que podem causar grandes danos ao edifício. Assim como os demais serviços de engenharia, sua montagem deve seguir os padrões da ABNT, mais especificamente a NBR IEC 61439, que aborda a montagem de painéis de baixa tensão.

Para saber mais vantagens da instalação de um QGBT em sua empresa, basta continuar a leitura que explicaremos mais a seguir.


QGBT alinhado com base na corrente nominal

O Quadro Geral de Distribuição de Baixa Tensão pode alimentar os principais sistemas elétricos da organização, como o Centro de Controle de Motores (CCMs), painéis de serviços auxiliares, transformadores, painéis de automação, dentre tantos outros sistemas elétricos importantes para o bom funcionamento da indústria.

Seu QGBT pode ser instalado nas chamadas “salas elétricas”. Elas podem ser tradicionais ou instalações modulares modernas, com projeto variado de acordo com a necessidade da empresa. No geral, sua configuração deve estar alinhada com base na corrente de curto-circuito e corrente nominal do barramento principal.


Proteção para sistemas interligados

Apesar dos conceitos da NBR IEC 61439 terem sido modificados no ano de 2014, existem dois conceitos aceitos dentro da instalação de QGBT:


- Tipo TTA (Totally Tested Assembly): são painéis totalmente testados e aprovados em todos os testes, incluindo aqueles realizados em laboratórios certificadores.

- Tipo PTTA (Partially Totally Tested Assembly): são painéis parcialmente testados e aprovados. Neste caso, os ensaios de Curto-Circuito e Elevação de Temperatura podem ser extrapolados durante o cálculo de conjuntos similares.


O sistema deve ser construído a partir de peças de alta qualidade e que atendam todas as normativas aplicáveis aos sistemas de baixa tensão. Assim, o Quadro Geral de Distribuição pode alimentar e proteger todos os sistemas que estão ligados a ele.


Sobre as característica técnicas do QGBT

Algumas das principais características do Quadro Geral de Distribuição são:
- Capacidade de operar tensões elétricas de 127, 220, 380 e 440 volts.
- A classe de tensão é de 660 volts, possibilitando o gerenciamento de até 3150 Ampéres.
- A frequência da operação é de 50Hz a 60Hz, com grau de proteção até IP54.


Instale o seu Quadro Geral de Distribuição com a Wbecker Elétrica.

Temos um time de engenheiros eletricistas especializados em serviços de Engenharia Elétrica, incluindo o desenvolvimento de projetos, laudos e instalações elétricas. Com mais de 10 anos de experiência, atendemos em todo o território nacional e desenvolvendo projetos personalizados para empresas, comércios e indústrias de diferentes segmentos.

A instalação de um Quadro Geral de Distribuição de Baixa Tensão deve ser realizada por profissionais autorizados, garantindo a eficiência energética e segurança do projeto, além de aumentar a vida útil de equipamentos importantes para a produção e cortar custos desnecessários.

Quer saber mais sobre a elaboração de projetos, execução e manutenção de Instalações Elétricas Industriais? Acesse este link para conhecer nossos serviços e conversar com nossa equipe.